April 18, 2008 / 2:54 PM / in 9 years

BOVESPA-Ações de bancos dão fôlego para quarta alta seguida

3 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO, 18 de abril (Reuters) - Suportada pelos ganhos das ações de bancos, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) rumava para a quarta sessão seguida de valorização nesta sexta-feira.

Às 11h50, o Ibovespa .BVSP tinha alta de 0,95 por cento, aos 64.166 pontos. O giro financeiro era de 1,8 bilhão de reais.

Pelo segundo dia, o setor financeiro, que tem forte peso na composição do índice, puxava os ganhos. As ações ordinárias do Banco do Brasil (BBAS3.SA) lideravam o bloco, ao subirem 2,29 por cento, a 25,93 reais, seguidas pelas preferenciais do Itaú ITAU4.SA, com avanço de 2,34 por cento, a 44,52 reais.

Segundo operadores, o movimento reflete o otimismo internacional com o setor financeiro, depois da divulgação dos resultados do Citigroup no primeiro trimestre de 2008.

O banco reportou prejuízo de 5,1 bilhões de dólares, números ainda impactados pela crise no setor de hipotecas de alto risco nos Estados Unidos.

"A expectativa era de que as perdas seriam muito maiores", disse André Hanna, operador da corretora Interfloat.

Na Bolsa de Nova York, era o mesmo setor o responsáavel pela alta de 1,68 por cento do índice industrial Dow Jones .DJI.

Também em destaque positivo na bolsa paulista apareciam Cemig e NET Serviços. As ações preferenciais da elétrica mineira (CMIG4.SA) subiam 3,40 por cento, a 34,31 reais, no dia seguinte ao anúncio de que a companhia fechou um acordo de 10,5 bilhões de reais para fornecimento de energia a unidades do grupo Votorantim.

As ações preferenciais da maior operadora de TV por assinatura do país NETC4.SA tinham elevação de 3,64 por cento, a 20,49 reais. A NET divulgou nesta manhã que teve lucro líquido de 32 milhões de reais no primeiro trimestre, nove por cento acima do mesmo período do ano passado.

"O Ibovespa só não está subindo mais por causa da influência da queda dos preços das commodities", disse Hanna.

As ações preferenciais da Vale VAL5E.SA recuavam 0,31 por cento, a 51,63 reais. As ações preferenciais da siderúrgica Usiminas (USIM5.SA) caíam 0,50 por cento, a 108,40 reais.

Reportagem de Aluísio Alves; Edição de Cláudia Pires

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below