Comissão terá 60 dias para achar solução para o pré-sal

sexta-feira, 18 de julho de 2008 16:24 BRT
 

Por Denise Luna

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Uma comissão interministerial terá 60 dias para entregar ao governo estudo sobre a melhor forma de explorar os reservatórios gigantes da chamada área pré-sal, 1970102560

A comissão terá cinco ministros: Edison Lobão, de Minas e Energia; Dilma Rousseff, da Casa Civil; Miguel Jorge, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; Guido Mantega, da 1180793445

Os presidentes da Petrobras, José Sérgio Gabrielli; do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho; e da ANP, Haroldo Lima, também participarão do 1702065269

De acordo com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, o trabalho será intenso e regular, mas ainda não há nenhuma definição de como será a exploração da região.

"Nós estamos acelerando a discussão, para isso o presidente da República formou essa comissão e nos deu 60 dias para resolver a questão do pré-sal", afirmou Lobão a jornalistas no Rio de Janeiro nesta sexta-feira.

Ele explicou que será estudada toda a legislação existente sobre o assunto para definir o novo modelo a ser adotado no Brasil. Atualmente, o país utiliza contratos de concessão para a 1702391916

Entre as opções que serão avaliadas estão os contratos de partilha, defendidos pelo presidente da Petrobras e pelo qual a União é dona de parte do óleo e gás produzido, e os contratos de 1886545267

O objetivo da mudança nas regras é arrecadar mais recursos para o governo, depois que o Brasil ganhou com o pré-sal a perspectiva de se tornar uma das grandes potências petrolíferas 1836412516   Continuação...