IGP-10 desacelera para 1,02% em janeiro

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008 15:08 BRST
 

SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO (Reuters) - A inflação pelo Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) desacelerou para 1,02 por cento em janeiro, depois da taxa de 1,59 por cento vista em dezembro.

Os dados foram divulgados nesta sexta-feira pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Segundo Salomão Quadros, economista da FGV, a desaceleração marca o início de um gradual processo de desaceleração dos IGPs em 2008.

"Estamos numa fase de desaceleração dos IGPs que foi iniciada pelo IGP-10. No entanto, os movimentos não serão bruscos. Vai ser um processo gradual", disse.

Quadros lembrou que, no início de cada ano, os IGPs costumam ser pressionados pelos itens de Educação e pelos alimentos in natura.

Os preços no atacado foram os responsáveis pela desaceleração do IGP-10 em janeiro, enquanto os preços no varejo e na construção civil apresentaram alta no início do ano.

O Índice de Preços por Atacado (IPA) avançou 1,17 por cento, ante alta de 2,15 por cento em dezembro.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,81 por cento em janeiro, frente à elevação de 0,54 por cento no mês anterior.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) avançou 0,55 por cento, comparado à variação positiva de 0,33 por cento em dezembro. O indicador foi afetado pelo aumento da mão-de-obra em Belo Horizonte, mas há sinais de pressão pelo aquecimento da demanda na construção civil

REAJUSTES   Continuação...