RPT-ELEIÇÃO-Apoios dão o tom dos programas eleitorais em BH

segunda-feira, 18 de agosto de 2008 07:12 BRT
 

(Repete matéria publicada na noite de 6a-feira)

Por Marcelo Portela

BELO HORIZONTE, 18 de agosto (Reuters) - Os depoimentos de apoio de políticos de destaque nacional e local são os pilares dos programas dos candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte que irão ao ar no horário eleitoral gratuito de rádio e TV, a partir do dia 19.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o vice José Alencar, senadores, deputados e até vereadores da cidade fazem parte do leque de imagens que serão usadas pelos candidatos.

Quem mais pretende se beneficiar deste trunfo é o candidato Márcio Lacerda (PSB), que usará parte dos 11 minutos e 48 segundos de seu programa para mostrar imagens do presidente Lula, do governador Aécio Neves (PSDB) e do prefeito Fernando Pimentel (PT), principais articuladores de sua candidatura.

O presidente não gravou depoimento exclusivo para a campanha, mas, de acordo com um dos envolvidos na produção dos programas que pediu para ser mantido no anonimato, serão usadas imagens e declarações de Lula como na visita a Itajubá, no Sul de Minas, onde esteve com Aécio e Pimentel.

A imagem do governador, no entanto, pode gerar uma disputa jurídica na cidade. Integrantes do PCdoB, partido da líder nas pesquisas de intenção de voto, a deputada federal Jô Moraes, cogitam recorrer ao Judiciário para impedir o uso de imagens e depoimentos de Aécio. O PSDB não integra a coligação em torno de Lacerda, já que que o PT vetou aliança com os tucanos em Belo Horizonte.

"Prefiro centrar a questão na disputa política ao invés de meandros jurídicos", desconversa a candidata, que não confirma a gravação, mas pretende usar depoimento do vice-presidente José Alencar em seu programa.   Continuação...