18 de Julho de 2008 / às 11:02 / 9 anos atrás

PANORAMA1-Mercados põem holofote sobre resultados do Citi

SÃO PAULO, 18 de julho (Reuters) - A semana agitada nos mercados financeiros mundiais poderia terminar em clima mais ameno, diante da fraca agenda de indicadores, mas resultados divulgados após o fechamento de quinta-feira vão pesar sobre os negócios.

O Merrill Lynch MER.N, terceiro maior banco de investimento dos Estados Unidos, teve prejuízo trimestral de 4,9 bilhões de dólares e anunciou a venda de cerca de 8 bilhões de dólares em ativos para levantar capital.

O Google (GOOG.O) também decepcionou as expectativas de Wall Street, sugerindo que a companhia pode estar sofrendo o impacto da desaceleração norte-americana. A Microsoft (MSFT.O) anunciou aumento do lucro, mas previsões abaixo das expectativas do mercado para o atual trimestre.

O resultado do Citigroup (C.N), divulgado antes do início da sessão, também pesará sobre os negócios nesta sexta-feira.

Nos últimos dias, as ações do maior banco dos Estados Unidos caíram ao menor patamar desde sua criação, em 1998, com a fusão do Travelers Group e do Citicorp.

O banco registrou no segundo trimestre do ano um prejuízo líquido total de 2,5 bilhões de dólares, ou 0,54 dólar por ação. No mesmo período do ano passado, o banco teve um lucro líquido de 6,23 bilhões de dólares, ou 1,24 dólar por ação. Para mais detalhes, clique [nN18431594].

No Brasil, mais um indicador de inflação foi conhecido. O IPc-Fipe mostrou na segunda quadrissemana do mês uma desaceleração mais acentuada do que o esperado pelos mercados.

A inflação na capital paulista subiu 0,59 por cento, ante alta de 0,77 por cento na leitura anterior e estimativa de avanço de 0,66 por cento, de acordo com mediana de projeções coletadas pela Reuters. Para ler mais, clique [nN18486277].

Para a agenda do dia, clique [nN18429392]

Veja como encerraram os principais mercados na quinta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,600 real, em alta de 0,19 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 2,433 bilhões de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa perdeu 3,14 por cento, a 60.108 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 8,3 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em baixa de 1,69 por cento, aos 36.884 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam sem rumo comum na BM&F. O DI janeiro de 2009 subiu a 13,43 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 caiu a 14,94 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, caía para 131,313 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,58 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil recuava 7 pontos, a 232 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 290 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI subiu 1,85 por cento, a 11.446 pontos. O Nasdaq .IXIC avançou 1,20 por cento, para 2.312 pontos. O índice S&P 500 .SPX ganhou 1,20 por cento, aos 1.260 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, declinava e o rendimento subia para 4,01 por cento no final da tarde ante 3,94 por cento na véspera.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Por Daniela Machado; Edição de Renato Andrade

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below