Demanda da China por metais será forte por 10 anos--Chinalco

quinta-feira, 18 de outubro de 2007 12:52 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - A demanda por materiais usados em construção civil na China, com áreas rurais se tornando mais prósperas, vai permanecer forte por pelo menos os próximos dez anos, disse o presidente da maior empresa de alumínio do país na quinta-feira.

A Aluminum Corp of China, também conhecida como Chinalco, está diversificando sua produção para o cobre e metais raros, a fim de manter os lucros e capitalizar o contínuo crescimento do país, disse Xiao Yaqing a jornalistas.

"Estou relativamente otimista para os preços do alumínio. Na pior das hipóteses, eles devem se manter neste nível", disse Xiao.

Como parte da diversificação, a matriz está investindo em uma joint venture de titânio, com um custo estimado em 50 a 60 bilhões de iuans.

A empresa também planeja adquirir ou comprar ações no exterior de empresas de mineração, como parte do desenvolvimento do negócio de cobre, afirmou.