Foguete Ariane lança satélites do Brasil e do Vietnã

sexta-feira, 18 de abril de 2008 22:35 BRT
 

Por Laurent Marot

KOUROU, Guiana Francesa (Reuters) - O pesado foguete Ariane-5 foi lançado na Guiana Francesa na sexta-feira para colocar em órbita satélites de telecomunicações para o Brasil e o Vietnã, informaram autoridades do setor espacial.

O foguete lançado da base espacial européia em Kourou, no nordeste da América do Sul, às 20h17 (horário de Brasília).

Vinte e seis minutos após o lançamento, o foguete deixou na órbita preliminar o Star One C2, um satélite de telecomunicações da operadora brasileira Embratel .

O Star One C2, o segundo na série de satélites Star One, pesava 4,1 toneladas no lançamento e foi construído pelo consórcio franco-italiano Thales Alenia Space .

Ele foi projetado para operar por 15 anos, fornecendo transmissões de televisão, Internet de alta velocidade e repasse de dados na América do Sul, no México e na Flórida.

"Pela primeira vez vamos cobrir México, San Francisco, Los Angeles, além da Flórida e da América do Sul. Essa é uma demonstração da visão da Embratel e da sua controladora Telmex em termos de fazer com que a Star One seja a principal operadora de satélites na América Latina", disse o vice-presidente técnico da Star One, Lincoln Oliveira.

Cinco minutos após a separação do Star One, o foguete lançou o VINASAT-1, primeiro satélite de telecomunicações dm Vietnã, que é projetado para melhorar a infra-estrutura de comunicações do país asiático.

O Ariane-5 teve um início conturbado quando seu primeiro lançamento explodiu segundos depois da decolagem em 1996. A empresa, da qual a gigante aeroespacial EADS é dona de 30 por cento, sofreu com temores financeiros no começo da década.