PANORAMA2-Bancos e setor de tecnologia disputam atenção nos EUA

sexta-feira, 18 de julho de 2008 17:30 BRT
 

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 18 de julho (Reuters) - A agenda de resultados corporativos roubou a cena nesta sexta-feira, com ânimo entre os bancos e decepção no setor de tecnologia. Sobrou para o Nasdaq, que teve queda de mais de 1 por cento.

O clima ruim entre as empresas do setor foi disparado pelos resultados de Google (GOOG.O: Cotações) e Microsoft (MSFT.O: Cotações), divulgados na noite anterior. A fabricante de circuitos eletrônicos AMD AMD.N também preocupou, com queda de mais de 12 por cento das ações.

"Tivemos um mercado muito dividido hoje. O setor financeiro operou em alta mesmo, puxado pelos números bons do Citigroup, mas a gente teve números bem decepcionantes em tecnologia, que preocuparam", disse Paul Nolte, diretor de investimentos da Hindsale Associates, em Illinois.

O bom resultado do Citigroup foi, na verdade, um prejuízo menor do que o esperado no último trimestre. Mas bastou para elevar o índice Dow Jones e as bolsas européias.

No Brasil, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) teve um pregão volátil e fechou abaixo de 60 mil pontos. O setor de telefonia foi determinante para a queda do índice.

O dólar voltou a cair após duas altas consecutivas, e as projeções de juros tiveram comportamento desigual. As taxas mais curtas subiram em um dia de agenda doméstica fraca, enquanto as projeções mais longas fecharam em baixa.

O petróleo teve a quarta queda seguida nos Estados Unidos. Na semana, o barril acumulou baixa de cerca de 13 por cento e reduziu um pouco das preocupações inflacionárias no mundo.

  Continuação...