Número de mortos por atentado em Bagdá sobe para 63

quarta-feira, 18 de junho de 2008 07:31 BRT
 

BAGDÁ (Reuters) - O número de mortes decorrentes da explosão de um caminhão-bomba em Bagdá subiu para 63 na quarta-feira e as forças norte-americanas culparam uma milícia xiita pelo ataque.

Quatro crianças e cinco mulheres estão entre os mortos pela explosão de terça-feira próxima a um mercado lotado na região de al-Hurriya, de predominância xiita, no noroeste de Bagdá, informou a polícia iraquiana.

Outras 75 pessoas ficaram feridas no que foi o pior ataque a bomba em três meses na capital iraquiana.

O Exército norte-americano culpou uma célula de "grupos especiais" pelo ataque. Esse é o jargão que as forças dos EUA usam para identificar militantes xiitas que seriam apoiados pelo Irã.

O Exército disse acreditar que o ataque teve o objetivo de incitar a violência dos xiitas contra os sunitas. A maioria dos ataques a bomba do país é considerada de responsabilidade da Al Qaeda, que tem orientação sunita.

(Reportagem de Adrian Croft)