MME adia leilões de energia para incluir coque verde de petróleo

sexta-feira, 18 de abril de 2008 10:10 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Ministério de Minas e Energia adiou os leilões de energia que seriam realizados em junho e julho para agosto, a fim de permitir a inscrição de projetos de usinas térmicas que utilizem coque verde de petróleo, depois que uma portaria editada na quinta-feira igualou o preço do produto a outras fontes energéticas.

Antes da portaria, os projetos de coque verde de petróleo, que tem impacto menor no meio ambiente do que o uso de carvão, óleo diesel ou combustível, por exemplo, não ofereciam rentabilidade para o produtor.

Com isso, o leilão de energia para projetos com entrega em 2011 (A-3), originalmente marcado para 17 de junho, ocorrerá no dia 12 de agosto, enquanto o leilão para entrega de energia em 2013 (A-5) passou de 17 de julho para 28 de agosto.

"A medida adotada pelo MME oferece condições de competição isonômicas para as diferentes alternativas tecnológicas de geração e deve contribuir para a modicidade tarifária e para a segurança energética", afirmou o ministério em seu site.

(Reportagem de Denise Luna)