Jaques Wagner considera apoio do PR a ACM Neto "desaforo" a Lula

quarta-feira, 18 de junho de 2008 20:05 BRT
 

SALVADOR (Reuters) - Um dia antes da convenção do DEM que vai homologar a candidatura a prefeito de Salvador de ACM Neto, o governador da Bahia Jaques Wagner (PT) disse que considera "um desaforo ao presidente Lula" o apoio do PR à chapa encabeçada pelo neto do ex-cacique da política baiana.

"Ele é nosso adversário e do presidente Lula", disse Wagner em entrevista a uma emissora local de rádio.

O governador ressaltou que o PR, presidido na Bahia pelo ex-governador César Borges, é contemplado com o Ministério dos Transportes, e o deputado-candidato, além de ser o líder da oposição ao governo Lula na Câmara, até já prometeu "dar uns tapas" no presidente.

A convenção da coligação "A Voz do Povo" (DEM, PR, PRB, PTN, PRP, PSDC, PTdoB e PTC) será na quinta-feira, com a presença do senador César Borges, do também ex-governador Paulo Souto, presidente regional do DEM, e do apresentador popular da TV Record, Raimundo Varela, filiado ao PR e à Igreja Universal, que durante os primeiros meses do ano liderou as sondagens de preferência popular como possível candidato à prefeitura da capital.

ACM Neto promete, no discurso da convenção, fazer propostas concretas para a área de segurança pública, ponto vulnerável da atual administração Wagner. (Reportagem de José de Jesus Barreto)