Lucro do Goldman Sachs sobe no 4o trimestre fiscal

terça-feira, 18 de dezembro de 2007 11:55 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - O Goldman Sachs anunciou nesta terça-feira uma alta no lucro do quarto trimestre fiscal, depois que uma aposta acertada contra as hipotecas subprime (de alto risco) e o aumento das taxas para as atividades de banco de investimento ajudaram a instituição a superar a crise de crédito que abalou o resto de Wall Street.

A maior corretora do mundo por valor de mercado informou que seu lucro cresceu para 3,22 bilhões de dólares, ou 7,01 dólares por ação, no trimestre encerrado em 30 de novembro, contra 3,15 bilhões, ou 6,59 dólares por ação, no mesmo período do ano anterior. A receita líquida subiu 14 por cento, para 10,74 bilhões de dólares.

Analistas esperavam, em média, que o Goldman lucrasse 6,68 dólares por ação, com 10,12 bilhões de dólares em receitas, de acordo com a Reuters Research.

Os resultados do Goldman foram divulgados após os do Lehman Brothers, que na semana passada reportou uma queda de 12 por cento no lucro trimestral. A piora no lucro foi causada por fortes baixas contábeis, que sugaram os resultados obtidos no setor de renda fixa.

As ações do Goldman, que têm a melhor performance do ano entre as corretoras, já caíram 15 por cento desde meados de outubro em meio à preocupação dos investidores de que as perdas com hipotecas e outros problemas de crédito possam abater os lucros no setor financeiro.

(Reportagem de Joseph A. Giannone)