Fed propõe novas regras para empréstimos imobiliários nos EUA

terça-feira, 18 de dezembro de 2007 14:29 BRST
 

Por Patrick Rucker

WASHINGTON (Reuters) - O Federal Reserve, sob pressão do Congresso norte-americano para organizar e preparar medidas de proteção aos consumidores, propôs nesta terça-feira regras mais rígidas para a concessão de empréstimos para as pessoas com histórico de crédito fraco.

O conselho de diretores do banco central dos Estados Unidos aprovou por cinco votos a zero o estabelecimento de novas regras que serão aplicadas a todos os tomadores de empréstimo, incluindo aqueles que não são sujeitos à regulamentação do Federal Reserve.

O público terá 90 dias para comentar as mudanças propostas nas regras fixadas pela Lei de propriedade e proteção de ativos.

De acordo com a proposta, os concessores de empréstimos nos Estados Unidos terão que determinar a capacidade de pagamento dos que buscam financiamento antes que eles fechem o empréstimo.

As novas regras também estabelecem que os tomadores de empréstimo terão que ter detalhes sobre as formas de pagamento para os corretores e que serão cobrados mensalmente por taxas que atualmente são anuais, como as de propriedade e seguro.

"Práticas e atos injustos e enganosos afetaram não somente os tomadores de empréstimos e suas famílias, mas comunidades inteiras e até mesmo a economia como um todo", afirmou o chairman do Fed, Ben Bernanke, em comentários preparados antes da reunião do conselho.