Câmara dos EUA aprova projeto de energia, Bush sancionará

terça-feira, 18 de dezembro de 2007 18:07 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - A câmara dos deputados dos Estados Unidos aprovou na terça-feira uma proposta de lei de energia para aumentar a eficiência do combustível em carros e caminhões nos Estados Unidos pela primeira vez desde 1975, elevar a produção de combustíveis renováveis como o álcool e reduzir o uso de energia em lâmpadas e utensílios.

O Senado aprovou a mesma proposta na semana passada e o presidente George W. Bush assinará a medida na quarta-feira, transformando-a em lei, de acordo com a Casa Branca.

Para conquistar o apoio de Bush e de muitos parlamentares republicanos, os líderes democratas no Congresso tiveram que desistir de cláusulas que teriam imposto cerca de 13 bilhões de dólares em impostos a grandes empresas de gás e petróleo, além de exigir que as geradoras de energia produzam 15 por cento de sua eletricidade de fontes renováveis, como energia solar e eólica.

(Por Tom Doggett)