PANORAMA2-Crise externa faz dólar disparar e leva BC ao mercado

quinta-feira, 18 de setembro de 2008 18:22 BRT
 

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 18 de setembro (Reuters) - A crise global afetou o Brasil nesta quinta-feira do jeito mais tradicional: fez o dólar disparar. O curto-circuito provocado pela escassez de crédito em moeda estrangeira jogou a moeda norte-americana acima de 1,96 real no pior momento do dia e forçou o Banco Central a agir.

A autoridade monetária anunciou que vai vender dólares ao mercado com compromisso de recompra para suprir a necessidade de muitos agentes, como exportadores, por financiamento.

"O que está acontecendo é um aperto de liquidez lá fora", explicou Joel Bogdanski, consultor de análise econômica do Banco Itaú.

Há dólares no mercado --o fluxo cambial foi positivo nas duas primeiras semanas de setembro. Mas pouca gente, aqui ou no exterior, quer emprestar a moeda norte-americana em meio à crise internacional e após a disparada dos últimos dias, que acompanhou as apostas cada vez maiores na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) pela desvalorização do real.

Após o anúncio, o dólar perdeu um pouco de força no fechamento. O mercado futuro, que continuou operando, indicava um alívio mais significativo na sexta-feira.

Já a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) acompanhou com ânimo a recuperação de Wall Street. As bolsas de valores norte-americanas tiveram o melhor dia em seis anos com a informação não confirmada de que o secretário do Tesouro, Henry Paulson, vai apresentar uma solução mais ampla para a crise financeira.

A idéia de Paulson, segundo um assessor legislativo que preferiu não se identificar, é criar algo semelhante à Resolution Trust Corporation (RTC), usada na crise de poupança e empréstimo (savings and loan) do fim dos anos 1980.

  Continuação...