Bolsas dos EUA têm alta por tecnologia; Goldman cai

terça-feira, 18 de dezembro de 2007 20:07 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam em alta nesta terça-feira, à medida que investidores compravam ações com preços baixos de grandes empresas de tecnologia, como a IBM e a Microsoft, na esperança de que o setor vá resistir ao impacto da crise do crédito.

O índice Dow Jones subiu 0,50 por cento, a 13.232 pontos. O Standard & Poor's 500 teve alta de 0,63 por cento, para 1.454 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq ganhou 0,84 por cento, a 2.596 pontos.

Uma otimistas previsão de lucro da empresa de software Adobe aumentou o otimismo no setor de tecnologia, uma dia após o Nasdaq ter caído mais de 2 por cento.

Durante a sessão, o mercado se esforçou para manter os ganhos à medida que os bons resultados e comentários do Goldman Sachs sobre sua previsão de negócios aumentaram a incerteza sobre o impacto da crise imobiliária nos lucros de bancos.

Além disso, ações de companhias com melhor desempenhos num cenário de desaceleração, como as farmacêuticas, subiram. A Pfizer ganhou 1,7 por cento e foi um dos destaques tanto do Dow quanto do S&P.

"Há alguma barganha à espreita e algumas pessoas sentem isso. Apesar da desaceleração de alguns indicadores econômicos, estamos OK", disse Michael Metz, estrategista-chefe de investimentos da Oppenheimer & Co. em Nova York. "As pessoas estão buscando por pontos de reentrada, mas... estão muito cautelosas sobre voltar ao (setor) financeiro".

(Reportagem de Por Ellis Mnyandu)