UE diz estar pronta para descongelar laços com Cuba

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008 08:51 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - Após Fidel Castro anunciar sua aposentadoria, a União Européia afirmou nesta terça-feira que está pronta para buscar formas de retomar os laços com Cuba, interrompidos sob o governo do líder de 81 anos.

"Reiteramos nosso desejo de nos comprometermos com Cuba sobre um diálogo construtivo", disse um porta-voz do Comissário de Desenvolvimento da UE, Louis Michel. Ele acrescentou que Michel planeja visitar a ilha em 6 e 7 de março.

O porta-voz afirmou ainda que a UE preferiu não comentar a decisão de Fidel.

Separadamente, uma porta-voz da Eslovênia, presidente da UE, disse que o bloco continua querendo "sondar possibilidades para retomar o diálogo político com Cuba".

As relações entre a UE e Cuba azedaram em 2003, quando Bruxelas congelou contatos diplomáticos após Havana prender 75 dissidentes, entre os quais muitos dos que tinham sido convidados para recepções em embaixadas européias para comemorar o Dia Nacional.