Alemã Thyssen tem aumento menor para minério de Carajás da Vale

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008 10:26 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 19 de fevereiro (Reuters) - A siderúrgica alemã ThyssenKrupp Steel, maior siderúrgica da Alemanha, fechou com a Vale (VALE5.SA: Cotações) aumento de 65 por cento para o preço do minério de ferro produzido em Minas Gerais e de 66 por cento para a produção de Carajás, no Pará.

O acordo fica abaixo do divulgado pela Vale na segunda-feira com clientes asiáticos, cujos reajustes do minério de Carajás ficaram no patamar de 71 por cento.

Com isso, os novos preços de referência de 2008 para o mercado europeu, em tonelada métrica seca (dmt), são de 1,3441 dólar por unidade de ferro para o SSF (Minas Gerais) e 1,4060 dólar por unidade de ferro para o SFCJ (Carajás).

Depois de fechar com as principais siderúrgicas do mercado japonês e coreano, a Vale ainda precisa chegar a acordos com clientes chinesas, lideradas pela Baosteel, e com a gigante ArcelorMittal, entre outros contratos.

(Reportagem de Denise Luna; Edição de Marcelo Teixeira)