Wachovia, 4o maior banco dos EUA, sofre queda de 10% no lucro

sexta-feira, 19 de outubro de 2007 11:26 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - O Wachovia Corp, quarto maior banco dos Estados Unidos, registrou uma queda de 10 por cento em seu lucro trimestral, impactado por perdas contábeis de 1,3 bilhão de dólares de sua unidade de investimentos.

O lucro líquido do terceiro trimestre caiu para 1,69 bilhão de dólares, ou 0,89 dólar por ação, ante 1,88 bilhão de dólares, ou 1,17 dólar por ação, um ano antes, informou o banco nesta sexta-feira. A receita cresceu 4 por cento, para 7,35 bilhões de dólares.

Analistas consultados pela Reuters Estimates apostavam, em média, em um ganho trimestral de 1,04 dólar por ação sobre receitas de 7,77 bilhões de dólares. O banco reduziu sua previsão de ganho anual com comissões.

Os problemas nos mercados de renda fixa "claramente tiveram um impacto decepcionante sobre os resultados dos negócios", disse o presidente-executivo do Wachovia, Ken Thompson, em comunicado.

Os resultados do banco reforçam uma semana ruim para as instituições financeiras norte-americanas, que têm sido atingidas por custos maiores relacionados a empréstimos de difícil recuperação, turbulências nos mercados de capitais e queda nos valores de vários títulos.

O lucro do Citigroup caiu 57 por cento e o do Bank of America recuou 32 por cento. O JPMorgan conseguiu um aumento de apenas 2 por cento em seu lucro. Os resultados e previsões de todos, excluindo os do JPMorgan, desapontaram investidores.

O Wachovia informou que as baixas contábeis de 1,3 bilhão de dólares são relacionadas a produtos estruturados e empréstimos alavancados. Isso fez com que o lucro da unidade de banco de investimento da instituição caísse 80 por cento, para 105 milhões de dólares, e a receita recuasse 51 por cento, para 819 milhões de dólares.

(Por Jonathan Stempel)