PANORAMA2-Mercado tem 6a-feira de redenção com plano dos EUA

sexta-feira, 19 de setembro de 2008 17:40 BRT
 

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 19 de setembro (Reuters) - O otimismo com o plano dos Estados Unidos para enfrentar a crise financeira permitiu uma sexta-feira de redenção no mercado internacional, com disparada histórica das bolsas de valores e queda de quase 5 por cento do dólar no Brasil.

Os EUA colocaram travas na venda a descoberto de ações do setor financeiro e anunciaram a intenção de remover os ativos sem liquidez do mercado. O secretário do Tesouro, Henry Paulson, estimou a ajuda total em "centenas de bilhões de dólares".

Com a esperança de que isso estanque a crise financeira, o mercado fez as bolsas decolarem. A Bolsa de Valores de São Paulo subiu mais de 9 por cento, maior alta diária em quase uma década. Na Europa, o principal índice de ações .FTEU3 teve a valorização mais acentuada da história.

"Neste momento, temos o rascunho do plano (dos Estados Unidos) como nosso evangelho, oferecendo conforto e talvez o momento de virada da crise", afirmou Marc Ostwald, analista de bônus da Monument Securities, em Londres.

O plano deve ser apresentado ao Congresso norte-americano nas próximas 24 horas, informaram assessores parlamentares.

No mercado de câmbio, dois leilões de venda de dólares com compromisso de recompra feitos pelo Banco Central ajudaram a restaurar a liquidez. O dólar teve a maior baixa percentual diária desde agosto de 2002.

Veja como encerraram os principais mercados nesta sexta-feira:   Continuação...