Cosan cria empresa com sócios para construção de alcoolduto

quarta-feira, 19 de março de 2008 12:03 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Três dos maiores grupos produtores de álcool do Brasil --Cosan, Copersucar e Crystalsev-- constituíram uma empresa que vai se encarregar dos estudos e construção de um alcoolduto no Estado de São Paulo.

O capital social da nova empresa, que totaliza 60 milhões de reais, será dividido igualitariamente entre os acionistas, mas novos parceiros são bem-vindos, disse a Cosan num comunicado.

"É intenção dos acionistas abrirem essa oportunidade a outros produtores de etanol da região Centro-Sul do país e a terceiros interessados", afirmou a empresa.

O duto seria construído de Paulínia (SP) até o litoral paulista, com ramificações para as cidades de Conchas e Ribeirão Preto, também no Estado.

A nova companhia, chamada de Uniduto Logística S.A., se encarregará de estudos técnicos e de viabilidade do projeto, além da obtenção de licenças ambientais. Futuramente, também deverá elaborar o plano de investimento necessário para implantar o projeto e executá-lo.

Cada acionista poderá movimentar no duto um volume de álcool proporcional à sua participação no capital da empresa. Eles também terão prioridade sobre terceiros para usar o duto.

O anúncio ocorre um mês após a Petrobras aprovar a criação de uma empresa com a trading japonesa Mitsui e a Camargo Correa para realizar estudos para implantação de um outro alcoolduto, entre Senador Canedo (GO) e Paulínia (SP).

Os dutos têm como objetivo tornar mais eficiente e barato o transporte do interior do país para a costa de álcool a ser exportado.

Os produtores brasileiros do combustível acreditam que as vendas externas vão aumentar nos próximos anos na medida que mais países adotem o derivado de cana como alternativa a combustíveis fósseis.