19 de Fevereiro de 2008 / às 21:40 / 9 anos atrás

Bovespa acompanha Wall St e caem após recorde do petróleo

SÃO PAULO (Reuters) - A Bolsa de Valores São Paulo acompanhou o desempenho de Wall Street e, depois de avançar durante o pregão, acabou fechando a terça-feira em baixa.

O Ibovespa caiu 0,8 por cento, aos 62.296 pontos. O volume financeiro negociado na bolsa foi de 6,1 bilhões de reais.

Nos Estados Unidos, os mercados acionários também operaram em alta praticamente ao longo de todo o dia, mas começaram a cair no final da tarde quando o preço do barril do petróleo superou 100 dólares e atingiu recorde.

Segundo Daniel Gorayeb, analista de investimentos da Spinelli Corretora, o mercado reagiu à alta do petróleo já que isso tem peso na inflação dos EUA.

O avanço da commodity aumentou a expectativa em relação aos indicadores que serão divulgados na quarta-feira nos EUA, entre eles o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês).

"Se o petróleo continuar subindo, pode indicar pressão inflacionária, o que preocupa o mercado nos EUA. No cenário local, a Bovespa acompanha esses movimentos, mas ainda dentro de um cenário positivo", disse Goraeyb.

Além da inflação ao consumidor, serão divulgados dados sobre construção de moradias, vendas em lojas de varejo e a ata da última reunião do Federal Reserve.

"O mercado continuará volátil e sem tendência definida na quarta-feira", acredita Gorayeb.

EUA EM FOCO

Apesar de uma certa calmaria nos últimos dias, os temores em relação à desaceleração da economia dos EUA continuam. Pesquisa divulgada pela Reuters nesta terça-feira apontou que o crescimento econômico dos EUA deve ficar perto da estabilidade no primeiro trimestre do ano, refletindo a crise hipotecária.

Os economistas ouvidos reduziram seus prognósticos e agora esperam alta anualizada do Produto Interno Bruto (PIB) de 0,2 por cento no período. Há um mês, o prognóstico era de 0,7 por cento.

A sondagem apontou ainda que a ameaça de recessão deve levar o Fed a cortar a taxa de juros em 0,50 ponto percentual na reunião de março.

Entre as ações de maior peso na composição do Ibovespa, a Vale teve queda de 0,49 por cento, a 48,62 reais. Já as ações da Petrobras subiram 0,41 por cento, aos 85,30 reais.

Por Cláudia Pires

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below