REEDIÇÃO-Leilão da CESP deve atrair 1 ou 2 consórcios--Goldman

quarta-feira, 19 de março de 2008 16:12 BRT
 

(Corrige grafia de palavra no último parágrafo)

SÃO PAULO, 19 de março (Reuters) - O governador em exercício de São Paulo, Alberto Goldman, avalia que o leilão de privatização da Cesp CESP6.SA, confirmado para a próxima quarta-feira, deve atrair um ou dois consórcios. Ele evitou, no entanto, antecipar se até o dia 26 de março já estará solucionada a pendência da renovação das concessões de hidrelétricas da estatal paulista, que vencem em 2015.

"Estamos empenhados para que o leilão seja um sucesso", afirmou Goldman à Reuters, admitindo que se não houver interessados no leilão o governo paulista estudará outras opções.

Ele disse que, até o momento, não foi discutida uma oferta de ações como alternativa ao leilão. "Este tema jamais chegou até mim", declarou o vice-governador, que também é presidente do programa estadual de desestatização (PED).

Goldman garantiu que já existe um esquema montado para cassar eventuais liminares contra a privatização. "Temos um plano para uma guerra de guerrilha", declarou.

(Por Renata de Freitas; Edição de Marcelo Teixeira)