Energias do Brasil acerta troca de ativos com Grupo Rede

quinta-feira, 19 de junho de 2008 07:56 BRT
 

LISBOA (Reuters) - A Energias do Brasil, que tem 64,6 por cento de sua participação detida pela Energias de Portugal, fechou acordo de troca de ativos com o Grupo Rede.

A operação envolve a totalidade da participação societária detida pela Energias do Brasil na distribuidora Enersul (no Mato Grosso do Sul) e participações societárias na Rede Lajeado Energia, Investco e Tocantins Energia, em mãos do Grupo Rede.

A Rede Lajeado detém 45,4 por cento do capital votante da Investco enquanto a Energias do Brasil já possui 27,7 por cento, informaram as empresas em comunicado ao mercado divulgado na noite de quarta-feira.

"A crescente exposição da geração da Energias do Brasil no país (...) junto com um outlook positivo para a EDP no Brasil vindo das energias renováveis e das centrais a gás, como foi anunciado recentemente, deve gradualmente aumentar a visibilidade das opções da EDP no país", afirmou em comunicado o banco BPI sobre o acordo.

Segundo a EDP, com o presente acordo a Energias do Brasil consolida a sua posição na Investco "passando a assumir, no caso dos outros acionistas não exercerem o direito de preferência, uma participação social de 73 por cento do capital".

A central hidrelétrica de Lajeado, em Tocantins, tem capacidade instalada de 902,5 megawatts que é explorada sob contrato de concessão de 35 anos. A energia produzida é vendida por meio de contratos de longo prazo com as distribuidoras do Grupo Rede.

A conclusão da operação está sujeita à aprovação pela Agência Nacional de Energia Elétrica.

(Por Elisabete Tavares)