CÂMBIO-Dólar recua pelo 4o dia com fluxo e cola perto de R$1,600

quinta-feira, 19 de junho de 2008 10:07 BRT
 

SÃO PAULO, 19 de junho (Reuters) - A entrada de capitais no Brasil colocava o dólar perto de 1,600 real nesta quinta-feira, na quarta sessão seguida de baixa da moeda norte-americana.

Às 10h03, a divisa BRBY era cotada a 1,604 real, com desvalorização de 0,19 por cento. Desde janeiro de 1999, a taxa de câmbio não é cotada abaixo de 1,60 real. Neste ano, a queda acumulada pelo dólar já é de quase 10 por cento.

"É fluxo mesmo", disse Renato Schoemberger, operador da Alpes Corretora. "Pode ser que volte durante o dia (e o dólar suba), mas o mercado está querendo forçar para ver se rompe o 1,60", acrescentou.

Segundo um operador, a venda de 300 milhões de dólares no mercado por uma corretora nacional era um dos fatores que engrossava o fluxo no começo da sessão.

De acordo com dados divulgados na véspera pelo Banco Central, o Brasil já registrava fluxo cambial positivo na primeira metade do mês --892 milhões de dólares.

Os agentes monitoravam também o comportamento do mercado internacional. O risco Brasil 11EMJ exibia alta de 4 pontos básicos e o dólar se fortalecia diante de outras moedas, mas as bolsas de valores na Europa e os índices futuros de Wall Street se recuperavam após as perdas do dia anterior.

(Reportagem de Silvio Cascione; Edição de Alberto Alerigi Jr.)