Ações européias fecham quase estáveis com alta do Barclays

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008 14:29 BRT
 

LONDRES (Reuters) - As ações européias fecharam perto da estabilidade nesta terça-feira à medida que investidores contrabalancearam as baixas contábeis do Credit Suisse com uma avaliação relativamente boa do banco britânico Barclays .

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações das empresas européias, subiu 0,07 por cento, para 1.336 pontos com as ações das petrolíferas liderando a alta devido aos altos preços do petróleo.

O Barclays aumentou suas baixas contábeis para 1,6 bilhão de libras mas os operadores citaram comentários otimistas dos gerentes como motivo para a alta de 3,7 por cento nas ações do banco.

Os bancos tiveram tendências distintas nesta sessão, com o HSBC e o Royal Bank of Scotland subindo, mas com BNP Paribas caindo antes de divulgar seu resultado na quarta-feira.

As ações do Credit Suisse caíram 6,6 por cento após notícias de baixas contábeis no valor de 2,85 bilhões de dólares e suspender alguns negócios após descobrir alguns erros em sua contabilidade.

Em Londres, o índice Financial Times fechou em alta de 0,34 por cento, a 5.966 pontos.

Em Frankfurt, o índice DAX avançou 0,5 por cento, para 7.002 pontos.

Em Paris, o índice CAC-40 subiu 0,49 por cento, para 4.885 pontos.

Em Milão, o índice Mibtel encerrou em alta de 0,53 por cento, a 26.012 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 registrou desvalorização de 0,32 por cento, para 13.269 pontos.

Em Lisboa, o índice PSI20 teve baixa de 0,11 por cento, para 11.300 pontos.