BOLSA EUROPA-Londres pressiona e índice de ações recua

segunda-feira, 19 de novembro de 2007 08:29 BRST
 

LONDRES, 19 de novembro (Reuters) - As bolsas de valores da Europa inverteram de sinal e passaram a operar em queda nesta segunda-feira, pressionadas por performance fraca do índice da bolsa britânica por conta de queda nas ações de mineradoras e da operadora celular Vodafone (VOD.L: Cotações).

Às 8h26 (horário de Brasília), o índice FTSEurofirst 300 .FTEU3 exibia queda de 0,09 por cento, a 1.492 pontos, abaixo da máxima atingida na sessão até agora de 1.502 pontos. O índicador apresenta performance estável este ano, comparado a um ganho de 15 por cento em igual período de 2006.

As ações do grupo ressegurador Swiss Re RUKN.VX despencavam 6,3 por cento depois que divulgou uma baixa contábil surpreedente de 1,2 bilhão de francos suíços vinculada à crise do mercado de crédito de alto risco.

Enquanto isso, o grupo de telefonia celular Vodafone perdia 0,89 por cento e as mineradoras Rio Tinto (RIO.L: Cotações), Xstrata XTA.L e BHP Billiton (BLT.L: Cotações) recuavam mais de um por cento cada.

Na Ásia, as bolsas, tiveram movimento semelhante aos dos mercados europeus, abrindo a sessão em alta, mas entregando ganhos no decorrer do pregão pressionadas por preocupações com a crise de crédito nos Estados Unidos e pela fraqueza do dólar contra o iene, que prejudica ações de companhias exportadoras.

As ações de petrolíferas avançavam com a alta nos futuros dos preços do petróleo. A Royal Dutch Shell (RDSa.L: Cotações) subia 1,5 por cento, BP (BP.L: Cotações) tinha alta de 0,17 por cento e Total (TOTF.PA: Cotações) exibia valorização de 1,09 por cento.

Confira o desempenho das principais bolsas européias às 8h26:

BOLSA PONTUAÇÃO VARIAÇÃO %   Continuação...