Paulson deve incentivar reformas no Fed, dizem jornais

quinta-feira, 19 de junho de 2008 08:31 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Henry Paulson, pretende chamar a atenção para que o Federal Reserve ganhe novos poderes para regular Wall Street depois do colapso do Bear Stearns, segundo a mídia norte-americana.

Em um discurso a ser feito nesta quinta-feira, Paulson vai afirmar que a queda do Bear Stearns promoveu a necessidade de que o governo mude a "vencida" estrutura regulatória, mas sem intervir muito no funcionamento dos mercados, afirmaram o The Wall Street Journal e o The Washington Post.

"Devemos considerar rapidamente como dar, de forma mais apropriada ao Fed, a autoridade para acessar as informações necessárias de instituições financeiras altamente complexas e responsabilidade para intervir com o intuito de proteger o sistema. Assim eles poderão cumprir o papel que o país espera -- estabilizar o sistema quando ele está ameaçado", afirmará Paulson, segundo discurso obtido antecipadamente pelos jornais.

O Bear Stearns, que já foi o quinto maior banco de investimento dos Estados Unidos, foi vendido em março para o JPMorgan numa aquisição emergencial orquestrada pelo banco central norte-americano com consulta ao Departamento do Tesouro.

A compra do Bear Stearns veio logo após seu repentino colapso, quando os investidores e parceiros retiraram suas aplicações do banco pesadamente exposto à crise de hipotecas dos Estados Unidos.