19 de Agosto de 2008 / às 10:58 / 9 anos atrás

PANORAMA1-Inflação e setor imobiliário dos EUA orientam negócios

SÃO PAULO, 19 de agosto (Reuters) - Inflação e mercado imobiliário, os dois principais focos de problemas nos Estados Unidos, dominam a agenda de indicadores desta terça-feira.

O governo norte-americano divulga nesta manhã o índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) de julho, que deve apontar alta mais modesta que no mês anterior.

Analistas esperam inflação de 0,6 por cento, ante 1,8 por cento em junho, com o arrefecimento das cotações do petróleo. Para o núcleo do indicador, a previsão é de alta de 0,2 por cento --a mesma da leitura anterior.

O relatório sobre o mercado imobiliário, no entanto, não deve aliviar as preocupações de investidores. A expectativa é de que mostre desaceleração na construção de moradias nos EUA em julho, enquanto os construtores tentam reduzir os estoques já existentes.

Na véspera, as preocupações sobre a crise de crédito --originada dos problemas no setor imobiliário-- voltaram a atormentar os mercados financeiros. O receio é de que o governo norte-americano tenha que socorrer as duas maiores concessoras de empréstimos hipotecários do país, Fannie Mae FNM.N e Freddie Mac FRN.N.

Para a agenda do dia, clique [nN19500875]

Veja como encerraram os principais mercados na segunda-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,640 real, com variação positiva de 0,06 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 1,777 bilhão de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa perdeu 1,69 por cento, a 53.326 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 4,53 bilhões de reais, já levando em conta 794 milhões de reais do exercício de opções.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em baixa de 1,77 por cento, aos 32.125 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em leve alta na BM&F. O DI janeiro de 2009 avançou a 13,80 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 subiu a 14,66 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, mostrava estabilidade no final da tarde, a 131,94 por cento do valor de face, oferecendo rendimento de 5,44 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil subia 4 pontos, a 243 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 302 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI caiu 1,55 por cento, a 11.479 pontos. O Nasdaq .IXIC perdeu 1,45 por cento, a 2.416 pontos. O índice S&P 500 .SPX recuou 1,5 por cento, aos 1.278 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento caía para 3,82 por cento no final da tarde ante 3,85 por cento na sexta-feira.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Por Daniela Machado; Edição de Renato Andrade

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below