ATUALIZA-Plataforma da PETROBRAS em Golfinho começa a operar

segunda-feira, 19 de novembro de 2007 14:18 BRST
 

(Texto atualizado com mais informações)

RIO DE JANEIRO, 19 de novembro (Reuters) - A Petrobras (PETR4.SA: Cotações) informou nesta segunda-feira que sua nova plataforma com capacidade para 100 mil barris por dia começou a produzir óleo leve no campo de Golfinho, na última sexta-feira, após uma série de atrasos.

No entanto, o início de produção em outra nova plataforma da empresa de maior capacidade (180 mil barris), a P-52, no campo de Roncador, que também estava previsto para a semana passada, permanece atrasado.

"Golfinho teve seu primeiro óleo na sexta-feira. Roncador ainda não está produzindo", informou um porta-voz da empresa, sem dar mais detalhes.

Há uma segunda plataforma no campo de Roncador também com capacidade de produção de 180 mil barris por dia, a P-54, com previsão de início de operação em dezembro, após um adiamento recente na data de extração do primeiro óleo, inicialmente fixada para a primeira quinzena de novembro.

O campo de Golfinho fica perto da costa do Espírito Santo e o de Roncador está na bacia de Campos, litoral fluminense.

Executivos da Petrobras informaram anteriormente que os atrasos nas plataformas estão relacionados à complexidade dos projetos e à demanda aquecida no mercado de equipamentos para a indústria petrolífera.

As novas plataformas deveráo atingir a capacidade total de produção em um período de seis a oito meses.   Continuação...