Em reunião, Lula pede que Petrobras invista na Argentina

segunda-feira, 19 de novembro de 2007 19:43 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu na segunda-feira, em uma reunião com a presidente eleita da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, que a Petrobras coopere na exploração de petróleo em águas profundas argentinas.

Lula e Cristina se reuniram sozinhos em Brasília por uma hora, e logo ampliaram o encontro para uma dúzia de ministros e integrantes dos dois países, principais membros do Mercosul.

"O presidente Lula insistiu muito na necessidade de uma cooperação entre (a estatal argentina) Enarsa e Petrobras, inclusive nessa questão de prospecção em águas profundas", disse ao término do encontro Marco Aurélio García, assessor de política externa da Presidência.

A Petrobras, que tem uma reconhecida experiência e tecnologia na extração de petróleo em águas profundas, anunciou dias atrás a descoberta de um megacampo petrolífero na bacia de Santos, em águas profundas.

Cristina, em uma breve declaração aos jornalistas, disse que se comprometeu com Lula a manter dois encontros anuais para se buscar "resultados concretos" na integração entre os dois países.

"Tivemos uma reunião frutífera e excelente", disse.

(Por Guido Nejamkis)