ANÁLISE-BC quer medir apetite do mercado com leilões de dólar

sexta-feira, 19 de setembro de 2008 15:22 BRT
 

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 19 de setembro (Reuters) - A venda de dólares pelo Banco Central com compromisso de recompra restaurou o funcionamento do mercado de câmbio nesta sexta-feira, segundo analistas, e permitiu que a moeda norte-americana acompanhasse a euforia internacional com queda ao redor de 5 por cento. A intenção do BC, agora, é saber a real necessidade de financiamento em moeda estrangeira.

"Teve um incêndio. Agora, começa o rescaldo", disse um profissional do departamento de câmbio da corretora Concórdia, que preferiu não ser identificado.

No primeiro leilão, entre 11h30 e 12h, o BC vendeu apenas 40 por cento da oferta total de 500 milhões de dólares.

Para o analista, isso pode ter ocorrido porque parte do mercado não quis se comprometer com a devolução futura dos dólares ao BC por uma taxa perto da atual, já que a incerteza nos Estados Unidos poderia elevar a cotação da moeda norte-americana nos próximos 30 dias.

Após o resultado da operação, o BC decidiu fazer um segundo leilão nesta sexta-feira, ofertando os 300 milhões de dólares restantes.

"O BC está medindo o exato apetite do mercado", disse. A operação ocorre até 15h30, com resultado a partir das 16h.

Para Sidnei Nehme, diretor-executivo da NGO Corretora, a venda de dólares é um "tiro certeiro" na especulação.

Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), os estrangeiros já tinham quase 7 bilhões de dólares em posições compradas em derivativos cambiais, o que equivale a uma aposta na alta do dólar frente ao real.   Continuação...