CÂMBIO-Dólar olha fluxo e exterior e opera em leve alta

segunda-feira, 19 de maio de 2008 11:08 BRT
 

SÃO PAULO, 19 de maio (Reuters) - O dólar operava em leve alta nesta segunda-feira, monitorando o movimento global da moeda norte-americana mesmo com a expectativa de entrada de divisas no país com a possibilidade de que o Brasil receba em breve o grau de investimento pela agência Fitch.

Às 11h05, o dólar BRBY era cotado a 1,645 real, em alta de 0,18 por cento. A moeda encerrou a sexta-feira a 1,642 real, no menor valor de fechamento desde a crise cambial de 1999.

O principal motivo apontado por analistas para a queda do dólar no final da semana passada foi o ingresso de recursos. Segundo Gerson de Nobrega, gerente da tesouraria do Banco Alfa de Investimento, o mercado tem força para manter a trajetória.

"O dólar deve ter um espaço para se desvalorizar frente ao real. Existe espaço para a entrada de recursos, principalmente (nos mercados de) bolsa e juro", disse Nobrega.

O otimismo com a possibilidade de que a agência de classificação de risco Fitch conceda o grau de investimento para o país, acompanhando a Standard & Poor's, também tem influenciado positivamente o real.

Mas o mercado monitorava também o comportamento do dólar no exterior. No começo do dia, ele caía diante das principais moedas por conta da manutenção dos preços elevados do petróleo e pela preocupação renovada com a saúde da economia norte-americana. Mais tarde, porém, o dólar recuperou força e operava perto da máxima do dia ante o euro.

(Reportagem de Silvio Cascione; Edição de Alexandre Caverni)