BOVESPA-Após exercício de opções, índice amplia alta para 1,3%

segunda-feira, 19 de maio de 2008 14:04 BRT
 

SÃO PAULO, 19 de maio (Reuters) - Passado o vencimento dos contratos de opções sobre ações, a Bolsa de Valores de São Paulo deixava a volatilidade para trás nesta segunda-feira, passando a acompanhar o movimento internacional francamente positivo.

Às 14h04, o Ibovespa .BVSP apontava alta de 1,31 por cento, aos 73.716 pontos. A exemplo das oito máximas históricas atingidas pelo índice nas últimas três semanas, o movimento era puxado pelos ganhos das ações de empresas ligadas a commodities.

O giro financeiro da sessão, de 8,3 bilhões de reais, foi turbinado pelo exercício dos contratos de opções, finalizado às 13h, que movimentou 4 bilhões, sobretudo em opções de compra.

As ações preferenciais da Petrobras (PETR4.SA: Cotações) subiam 3,53 por cento, valendo 49,85 reais. As ações preferenciais da Gerdau (GGBR4.SA: Cotações) puxavam a fila das siderúrgicas, com avanço de 3,89 por cento, a 83,12 reais.

As ações ordinárias da JBS Friboi (JBSS3.SA: Cotações) tinham elevação de 3,30 por cento, a 8,15 reais; ao passo em que as preferenciais da Aracruz ARCZ6.SA, com alta de 3,63 por cento, valiam 14,84 reais.

"O panorama externo positivo está motivando novas compras depois do exercício de opções", disse Júnior Hydalgo, operador da corretora Cruzeiro do Sul. Em Wall Street, o índice Dow Jones .DJI avançava 0,99 por cento.

(Reportagem de Aluísio Alves; Edição de Cláudia Pires)