Ações de tecnologia puxam alta dos mercados na Ásia

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007 07:48 BRST
 

Por Louise Heavens

CINGAPURA (Reuters) - A maioria dos mercados acionários da Ásia subiu nesta quarta-feira, após cinco dias consecutivos de quedas. Sólidos resultados de empresas nos Estados Unidos reassegurarem investidores de que as companhias podem lidar com a crise global de crédito.

Mas a bolsa de Tóquio caiu e os bônus do governo japonês registraram forte alta, com investidores temerosos com a possibilidade de autoridades apresentarem um tom pessimista para a economia depois do encontro de dois dias para discutir o rumo da política monetária, que termina na quinta-feira.

A reunião do Banco Central japonês acontece após o governo ter feito uma previsão cautelosa para a economia do país no ano que vem.

O índice Nikkei terminou a sessão em queda de 1,17 por cento, aos 15.030 pontos.

Parte da confiança de investidores e da estabilidade voltou aos mercados, depois que o Banco Central Europeu (BCE) e o Banco da Inglaterra injetaram dinheiro no mercado na terça-feira para aliviar os problemas no sistema financeiro ocasionados pela crise de crédito, que teve origem no setor imobiliário dos EUA.

O índice MSCI de ações da região Ásia-Pacífico, excluindo o Japão, subia 0,6 por cento, para 507 pontos, às 7h44 (horário de Brasília).

"Por sorte, parece que não estamos tão longe do fundo do poço da crise de crédito. O mercado parece ter caído demais e espero uma alta no futuro próximo", disse Simon Bonouvrie, gestor de fundos da Platypus Asset Management.

O setor de tecnologia, que vinha sofrendo nas últimas sessões, mostrou recuperação nesta quarta-feira, após a norte-americana Adobe Systems ter elevado sua previsão de lucro.   Continuação...