Índice europeu de ações recua, puxado pela fraqueza dos bancos

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007 15:26 BRST
 

PARIS (Reuters) - O principal índice das ações européias fechou em baixa nesta quarta-feira, apesar da forte demanda pelo leilão de 20 bilhões de dólares do Federal Reserve para aliviar as tensões no mercado de crédito.

O índice FTSEurofirst 300 recuou 0,46 por cento, para 1.482 pontos, em meio à queda de ações de instituições financeiras do continente.

O leilão do Fed, na segunda-feira, foi parte de um esforço coordenado entre bancos centrais de vários países para diminuir a tensão nos mercados de crédito, que tem ameaçado o crescimento global.

"É uma ação muito eficiente que mostra a determinação dos bancos centrais para lidar com o aperto no crédito", disse Valerie Plagnol, estrategista-chefe da CM-CIC Securities, em Paris. "É um bom passo adiante, mas ainda temos que esperar até o final do ano, e os bancos têm que continuar a absorver (os veículos estruturados de investimento) em seus balanços antes que as tensões diminuam."

As ações ampliaram a queda no final da sessão, quando a agência de risco Standard & Poor's reduziu a avaliação da seguradora norte-americana de bônus ACA Financial Guaranty em 12 notas, de grau de investimento para grau especulativo, como parte de uma ação sobre seus seguradoras de bônus.

As ações de energia subiram, acompanhando a alta nos preços do petróleo depois de uma queda mais forte que a esperada nos estoques norte-americanos da commodity.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em leve alta de 0,08 por cento, a 6.284 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,17 por cento, para 7.837 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 recuou 0,22 por cento, para 5.497 pontos.   Continuação...