Dow e S&P caem por crédito; Nasdaq fecha em leve alta

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007 20:19 BRST
 

Por Kristina Cooke

NOVA YORK (Reuters) - Os índices de ações norte-americanos Dow Jones e S&P fecharam em leve queda nesta quarta-feira em um dia de pouco giro, por preocupações com a crise do mercado de moradias.

Mas grandes empresas de tecnologia, como a Intel, ajudaram o índice Nasdaq a subir na sessão.

O índice Dow Jones recuou 0,19 por cento, a 13.207 pontos. O Standard & Poor's 500 declinou 0,14 por cento, para 1.453 pontos. Mas o termômetro de tecnologia Nasdaq avançou 0,19 por cento, a 2.601 pontos.

Durante a sessão, os problemas com hipotecas voltaram à tona e direcionaram o mercado, após a Standard & Poor's ter alertado que poderá cortar as classificações de crédito da Ambac Financial e da MBIA Insurance, duas das maiores seguradoras de títulos do mundo.

Se estas companhias forem rebaixadas, a dívida de 1,2 trilhão de dólares que elas têm cairá em valor.

Apesar do golpe na confiança do mercado, as sofridas ações de bancos subiram por notícias de que um fundo soberano chinês havia comprado uma participação de 5 bilhões de dólares no banco de investimentos e corretora Morgan Stanley .

As ações do Morgan Stanley subiram 4,2 por cento, mesmo após ter divulgado uma baixa contábil sobre hipotecas maior do que era esperado, de 9,4 bilhões de dólares.

"Os investidores estão inquietos", disse Sal Arnuk, vice-gerente de negócios da Themis Trading.