JURO-Taxas avançam mais de 1% na BM&F após inflação pressionada

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007 16:16 BRST
 

SÃO PAULO, 20 de dezembro (Reuters) - Os juros futuros dispararam nesta quinta-feira com a divulgação de dois índices de inflação, e os contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) mais negociados tiveram alta superior a 1 por cento.

O IPCA-15, que é visto como uma "prévia" do índice que baliza a meta de inflação do país, avançou 0,70 por cento em dezembro pressionado mais uma vez por alimentos. A expectativa mediana de analistas era de taxa de 0,59 por cento.

Já o IGP-M acelerou na segunda leitura do mês a 1,54 por cento, depois de subir 0,48 por cento em igual leitura de novembro. O principal impacto veio do atacado, sobretudo da área agrícola.

"Os dois saíram acima da expectativa do mercado... E a virada (das bolsas) nos Estados Unidos acentuou o avanço" das taxas na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), afirmou Marcello Froldi Negro, da tesouraria do Banco Fator.

O DI janeiro de 2009 avançou de 11,88 por cento para 12,03 por cento e foi o mais negociado no dia. O DI janeiro de 2010 subiu de 12,47 por cento para 12,69 por cento.

TÍTULOS PÚBLICOS

O Tesouro Nacional vendeu integralmente o lote de 5,45 milhões de títulos ofertados nesta quinta-feira.

O lote de 1,5 milhão de LTN para janeiro de 2009 foi vendido à taxa média de 11,984 por cento ao ano e as 2,5 milhões de LTN janeiro de 2010 saíram a 12,6202 por cento.   Continuação...