Clima econômico na A. Latina mostra deterioração em abril--FGV

terça-feira, 20 de maio de 2008 08:36 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Clima Econômico da América Latina recuou para 4,9 pontos em abril, ante 5,2 pontos em janeiro e abril, ficando abaixo da média histórica dos últimos dez anos, de 5,1 pontos, segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com o instituto alemão Ifo divulgada nesta terça-feira.

O dado ficou abaixo dos 5 pontos pela primeira vez desde o segundo trimestre de 2003. Segundo a FGV, isso "indica que a avaliação do desempenho econômico é considerada ruim".

A deterioração na região acompanha a tendência mundial: o índice global recuou para 4,6 pontos em abril, ante 5,1 pontos em janeiro.

Na América Latina, entre os destaques o indicador teve ligeiro aumento no Brasil, Venezuela e Uruguai e caiu na Costa Rica e na Argentina.

No Brasil, o índice subiu para 6,5 pontos em abril ante 6,4 pontos em janeiro, devido a uma melhora no componente de situação atual --para 7,9 pontos contra 7,5 pontos no começo do ano-- e estabilidade no de expectativas --que ficou em 5,1 pontos em abril comparado a 5,2 pontos em janeiro.

No ranking dos países latinos-americanos da pesquisa, o Brasil ocupa o terceiro lugar, comparado à 7a posição que ocupava no início do índice, em abril de 2007.

"Descobertas do petróleo, ganho do grau de investimento, o crescimento econômico de 2007 são alguns dos fatores que ajudam a explicar esse resultado", afirmou a FGV em nota.

(Por Vanessa Stelzer)