Petróleo nos EUA sobe e fecha em recorde acima de US$129

terça-feira, 20 de maio de 2008 18:19 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Os preços futuros do petróleo nos Estados Unidos fecharam em acima de 129 dólares por barril pela primeira vez nesta terça-feira, com influência de um dólar fraco, além de previsões de alta nas cotações e preocupações de que a demanda global pode apertar ainda mais os estoques de derivados.

"Esta é a continuação da tendência... com o dólar caindo ainda mais dramaticamente nesta manhã, investidores buscam manter commodities como um ativo", disse Eric Wittenauer, analista da Wachovia.

Wittenauer acrescentou que os derivados continuam com uma "performance muito forte em escala global".

Na Nymex, o contrato junho subiu 2,02 dólares, ou 1,59 por cento, para o recorde de fechamento a 129,07 dólares por barril, após ter sido negociado entre 126,67 e o novo recorde de intradia 129,60 dólares.

Liquidações no contrato junho, que venceu neste fechamento, reduziram os ganhos da sessão. O contrato julho subiu 2,26, ou 1,78 por cento, a 128,98 dólares.

Em Londres, o petróleo tipo Brent fechou em alta de 2,78 dólares, ou 2,22 por cento, a 127,84 dólares por barril, sendo negociado entre 124,50 e o novo recorde 128,07 dólares.

O dólar caiu com dados da inflação norte-americana acrescentando preocupações com a economia e aumentando as dúvidas com a possibilidade do Federal Reserve elevar a sua taxa de juro neste ano.

Os preços para os produtores excluindo energia e alimentos subiram no último ano até abril no ritmo mais rápido desde 1991.

(Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)