Principal negociador nuclear do Irã renuncia ao cargo

sábado, 20 de outubro de 2007 16:37 BRST
 

Por Edmund Blair

TEERÃ (Reuters) - O negociador-chefe do programa nuclear do Irã, Ali Larijani, renunciou ao cargo neste sábado, e o homem que vai substituí-lo pode representar uma posição linha-dura frente ao Ocidente sobre as ambições nucleares de Teerã.

Larijani era o principal contato entre as potências ocidentais e o governo iraniano em relação ao controverso programa nuclear do país.

A surpreendente decisão de Larijani expõe o racha entre o negociador e o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, que aceitou a renúncia.

Saeed Jalili, importante autoridade do Ministério de Relações Exteriores, assumirá o cargo de Larijani, e um porta-voz do governo disse que não haverá mudanças na política nuclear iraniana.

Um analista disse que a saída de Larijani e a nomeação de Jalili, considerado mais próximo ao presidente, sugere que as vozes mais linha-dura do poder estão ficando mais influentes, ganhando da linha mais pragmática.

"Larijani renunciou por razões pessoais, mais isso não significa que haverá mudanças em políticas e programas", afirmou Gholanhosseim Elham, porta-voz do governo.

O Ocidente teme que Teerã queira construir bombas atômicas e impôs dois conjuntos de sanções por meio da Organização das Nações Unidas (ONU). Teerã insiste que quer apenas produzir energia.

Larijani, secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional do Irã e principal negociador nuclear desde 2005, deveria se encontrar com o chefe de Política Externa da União Européia, Javier Solana, em Roma na terça-feira para mais negociações sobre as ambições nucleares do Irã.   Continuação...