PANORAMA2-Núcleo da inflação assusta nos EUA e bolsas caem

terça-feira, 20 de maio de 2008 18:17 BRT
 

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 20 de maio (Reuters) - A inflação surpreendeu nos Estados Unidos e provocou a queda das bolsas de valores em Wall Street nesta terça-feira. Os preços também mostraram força no Brasil, mas tiveram influência mais limitada ao mercado de juros futuros.

O Índice de Preços ao Produtor (PPI) subiu 0,2 por cento em abril nos Estados Unidos, menos do qvue era esperado pela maioria dos analistas. O núcleo, porém, teve a maior alta em termos anuais desde dezembro de 1991.

O resultado aumentou a apreensão com os preços no momento em que a economia norte-americana depende do poder de compra dos consumidores para retomar força e deixar para trás a crise originada no mercado imobiliário.

"A queda (das ações) em meio à preocupação com a inflação e com a alta do petróleo não é tão surpreendente após os ganhos da semana passada", disse Richard Sparks, analista sênior de ações da Schaeffer's Investment Research, em Cincinnati.

No Brasil, os índices de inflação continuaram em aceleração na segunda leitura de maio. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,89 por cento na segunda quadrissemana de maio, e o Índice de Geral de Preços do Mercado (IGP-M) subiu 1,54 por cento na segunda prévia de maio.

A maior influência ficou sobre o mercado de juros futuros, que teve a maioria das projeções em alta. O dólar ficou estável em uma sessão travada, e a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou apenas em leve alta, puxada pela Petrobras.

Veja como encerraram os principais mercados nesta terça-feira:   Continuação...