Presidente do Santander tem 1o encontro com executivos do Real

sábado, 20 de outubro de 2007 11:55 BRST
 

Por Renato Andrade

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente mundial do Santander, Emilio Botín, esteve reunido neste sábado com um grupo de executivos do Banco Real, no primeiro encontro entre as duas instituições depois da consolidação da compra do ABN Amro pelo consórcio liderado pelo Royal Bank of Scotland .

Botín elogiou o trabalho desenvolvido pela atua diretoria do ABN Amro Real e afirmou que as duas instituições têm um potencial de crescimento "espetacular". O encontro deste sábado reuniu cerca de 500 executivos. Na sexta-feira, Botín teve uma reunião reservada com a diretoria-executiva do banco.

O Santander faz parte do consórcio que adquiriu o ABN Amro no início do mês. O trio que desbancou a oferta apresentada pelo britânico Barclays pelo banco holandês conta ainda com o Fortis .

O banco espanhol assumirá os ativos do ABN no Brasil e na Itália. Com a incorporação do Real, o Santander saltará quatro posições no ranking de instituições financeiras do Brasil, consolidando assim a terceira posição, atrás apenas do Banco do Brasil e do Bradesco .

Em comunicado, Botín mostrou-se impressionado com a solidez da plataforma de produtos e serviços do Real e disse que o banco tem um diferencial competitivo comprovado.

"Temos dois grandes bancos no Brasil com histórias de sucesso e um potencial de crescimento espetacular", disse o executivo de acordo com o comunicado.

O grande objetivo do Santander é se tornar "o maior e melhor grupo financeiro do país", disse Botín durante o encontro deste sábado.

O executivo vai assistir neste fim de semana o Grande Prêmio de Fórmula 1 no autódromo de Interlagos, em São Paulo. Ele deve voltar para a Espanha na noite de domingo, segundo informou sua assessoria.