Setor bancário segue incerto e derruba bolsas da Europa

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008 14:15 BRT
 

LONDRES (Reuters) - As ações européias encerraram a quarta-feira em baixa, após a Alliance & Leicester e o BNP Paribas revelarem baixas contábeis e os dados de inflação nos Estados Unidos mostrarem aumento maior que o esperado.

O índice FTSEurofirst 300, que engloba as principais ações do continente, fechou em queda de 1,15 por cento, aos 1.322 por cento.

Os bancos figuraram entre os piores desempenhos do dia na região por temores sobre a lucratividade do setor à luz das difíceis condições do mercado de crédito e do desaquecimento econômico pesando em todo segmento.

"Fracos dados econômicos, balanços corporativos desapontadores e a possibilidades de mais baixas contábeis no futuro criaram uma perfeita tempestade de incertezas", afirmou Henk Potts, estrategista do Barclays Wealth.

"As pessoas estão à procura de sinais que as orientem sobre o que está acontecendo nos Estados Unidos e os possíveis riscos associados com isso e os dados que continuam sendo um pouco decepcionantes".

As ações da Alliance & Leicester estavam entre perdas mais acentuadas, com queda de 6,8 por cento. O BNP Paribas recuou 0,5 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em queda de 1,23 por cento, a 5.893 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX recuou 1,47 por cento, para 6.899 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 caiu 1,49 por cento, para 4.812 pontos.   Continuação...