Lula defende Matilde e transforma Igualdade Racial em ministério

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008 14:42 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - Ao dar posse ao deputado Edson Santos (PT-RJ) na pasta da Igualdade Racial, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou ter enviado medida provisória transformando a secretária especial em ministério.

A Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial era ligada à Presidência da República.

Em seu discurso, Lula defendeu a ex-ministra Matilde Ribeiro, que pediu demissão do cargo no início de fevereiro ao admitir gastos irregulares com o cartão corporativo do governo.

"A Matilde saiu do governo sem ter cometido nenhum crime, apenas falhas administrativas", disse Lula. "No encontro que tive com ela, disse que não valia a pena ficar no cargo para ser massacrada daquele jeito."