Dalai Lama se diz pronto para falar com autoridades chinesas

quinta-feira, 20 de março de 2008 08:24 BRT
 

DHARAMSALA (Reuters) - O Dalai Lama disse na quinta-feira que estará pronto para conversar com líderes chineses assim que terminarem os violentos protestos no Tibet.

"Sempre estive pronto para me encontrar com nossos líderes chineses, particularmente Hu Jintao", disse ele a repórteres, referindo-se ao presidente da China.

Ele acrescentou que está pronto para viajar a Pequim.

De Dharamsala, o Dalai Lama pediu aos tibetanos que parem com os protestos violentos no Tibet. Dharamsala, no norte da Índia, é a sede do governo em exílio tibetano.

O Dalai Lama é a favor de maior autonomia e não da independência do Tibet. Ele também apóia as Olimpíadas de Pequim. Mas muitos manifestantes --incluindo uma crescente geração de jovens-- não partilham de sua abordagem conciliatória. Eles dizem que o líder "fica em cima do muro" e não conseguiu muitos progressos nos últimos 20 anos.

"Muitos tibetanos desenvolvem expectativas que não são realistas", disse o Dalai Lama, sem prolongar-se. "Por isso, tenho de pensar com muito cuidado."

"Quando for a hora de ir para lá, estarei pronto", disse, acrescentando que essas conversas com as autoridades chinesas poderiam acontecer "algumas semanas ou alguns meses" depois que o conflito acabar.

(Reportagem de Jonathan Allen)

 
<p>Dalai Lama. Photo by Stringer</p>