Comitê questiona controle interno do Société Générale

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008 16:27 BRT
 

PARIS (Reuters) - Uma investigação interna do Société Générale sobre as grandes perdas que levaram à prisão de um operador apontou que os mecanismos de controle do banco francês não eram profundos o bastante, segundo relatório publicado pelo banco nesta quarta-feira.

O SocGen, segundo maior banco francês listado em bolsa, afirmou no mês passado que operações fraudulentas realizadas por um único operador na instituição financeira causou um prejuízo de 4,9 bilhões de euros.

"Neste estágio das investigações, não há evidência de fraude ou cumplicidade dentro ou fora do banco", acrescentou o comitê especial do SocGen.

(Reportagem de Sudip Kar-Gupta)