February 20, 2008 / 9:46 PM / 9 years ago

BOVESPA-Mercado se recupera e fecha em alta de mais de 2%

4 Min, DE LEITURA

(Texto atualizado com mais informações e o fechamento oficial da Bovespa)

Por Cláudia Pires

SÃO PAULO, 20 de fevereiro (Reuters) - A Bolsa de Valores de São Paulo recuperou as perdas do início do pregão e fechou em forte alta nesta quarta-feira, aproveitando as boas notícias locais e a recuperação externa no final.

O Ibovespa .BVSP fechou em alta de 2,33 por cento aos 63.747 pontos. O volume financeiro negociado foi de 6 bilhões de reais. Com esse resultado, a bolsa paulista reduziu a desvalorização neste ano, que chegou a quase 16 por cento em meados de janeiro, para 0,2 por cento.

As bolsas de Wall Street também reverteram perdas e fecharam em alta. Mas a Bovespa conseguiu se recuperar antes mesmo da mudança de humor no mercado internacional.

"Acredito que o mercado está começando a olhar mais para os bons resultados internos e se descolar um pouco do exterior. Na verdade, se não fosse os problemas externos, estaríamos com uma valorização bem maior do Ibovespa neste ano", afirmou Carlos Alberto Ribeiro, diretor da Novação Distribuidora.

Entre as boas notícias recentes no cenário interno, os analistas citam o bom desempenho das ações da Vale (VALE5.SA), os bons resultados dos grandes bancos e os índices de inflação sob controle divulgados nos últimos dias.

Além disso, a Bovespa Holding BOVH3.SA e a Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) BMEF3.SA anunciaram que estão em conversações sobre uma possível integração, o que colaborou para o bom humor do mercado.

Nos EUA, as bolsas reverteram a queda com o aumento do otimismo com os resultados de empresas de tecnologia como a Hewlett-Packard (HPQ.N), divulgado na véspera, que foram melhores que o esperado.

Pela manhã, os mercados estavam em queda mais uma vez com os temores sobre a economia norte-americana, já que o índice de preços ao consumidor (CPI na sigla em inglês), divulgado nesta quarta-feira, apontou aumento de inflação.

Pressões inflacionárias aumentam a tensão do mercado pois podem levar o Fed a decidir não cortar a taxa básica de juros na próxima reunião de março.

Nesta tarde, o Fed divulgou ata de sua última reunião realizada em janeiro, quando juro básico foi cortado em 0,50 ponto percentual.

O banco central norte-americano reduziu sua projeção para o crescimento em 2008 para a faixa entre 1,3 e 2,0 por cento devido ao aprofundamento da crise imobiliária e ao aperto do crédito.

Na Bovespa, as ações da Cesp (CESP6.SA) fecharam em alta de 4,34 por cento, negociadas a 47,79 reais, depois que o governo anunciou que pretende privatizar a empresa em leilão a ser realizado em 26 de março.

Entre as maiores altas do Ibovespa estiveram as ações da Braskem (BRKM5.SA), que fecharam com valorização de 5,79 por cento, a 13,71 reais. A empresa, que divulgou seus resultados nesta quarta-feira, teve lucro líquido de 568 milhões de reais no acumulado de 2007, quase quatro vezes maior que o do ano anterior.

Entre as ações de maior peso para a composição do Ibovespa, a Vale (VALE5.SA) fechou em alta de 3,35 por cento, a 50,25 reais e a Petrobras (PETR4.SA) fechou com leve valorização de 0,23 por cento, negociadas a 85,50 reais.

Edição de Alexandre Caverni

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below