Titular da Igualdade Racial vira ministro de Estado

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008 18:31 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou a substituição de Matilde Ribeiro para alterar o status do titular da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial para ministro de Estado.

Ao dar posse nesta quarta-feira ao novo secretário, deputado Edson Santos (PT-RJ), Lula afirmou que tinha mandado uma MP ao Congresso transformando a secretaria em ministério.

"...agora eu mandei uma medida provisória, transformando-a (a secretaria) em ministério", disse Lula em seu discurso.

Mais tarde, porém, o Palácio do Planalto esclareceu que a MP não transforma a secretaria em ministério e sim diz que o seu titular é ministro de Estado. Antes da mudança, o secretário tinha status de ministro.

A alteração permite que Santos se licencie para assumir o cargo sem perder o mandato de deputado federal.

Em seu discurso, Lula defendeu a ex-ministra Matilde Ribeiro, que pediu demissão do cargo no início de fevereiro ao admitir gastos irregulares com o cartão corporativo do governo.

"Matilde saiu do governo sem ter cometido nenhum crime, nenhum delito, teve apenas falhas administrativas", disse Lula. "Em uma conversa muito franca com ela, eu disse que não compensava ficar em um cargo para ser massacrada e triturada como ela foi durante dez dias consecutivos."

(Texto de Mair Pena Neto; Edição de Alexandre Caverni)

 
<p>O presidente Lula aproveitou a substitui&ccedil;&atilde;o de Matilde Ribeiro para alterar o status do titular da Secretaria Especial de Pol&iacute;ticas de Promo&ccedil;&atilde;o da Igualdade Racial para ministro de Estado. Na foto, Lula discursa durante posse de Edson Santos para a pasta, 20 de fevereiro em Bras&iacute;lia. Photo by Jamil Bittar</p>