Petróleo nos EUA fecha acima de US$101 por Opep e fundos

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008 18:21 BRT
 

Por Matthew Robinson

NOVA YORK, 20 de fevereiro (Reuters) - Os preços dos futuros de petróleo nos Estados Unidos bateram novo recorde e ultrapassaram 101 dólares por barril nesta quarta-feira, à medida que temores sobre o abastecimento da Opep e compras por parte de fundos de hedge superaram preocupações sobre a economia norte-americana.

Na Nymex, o contrato março CLc1 subiu 0,73 dólar e fechou cotado a 100,74 dólares por barril, o mais elevado patamar de fechamento da história, após ter sido negociado à máxima histórica de 101,32 dólares o barril durante a sessão.

O petróleo tipo Brent negociado Londres teve alta de 0,14 dólar, para 98,42 dólares.

Os ganhos estenderam os recordes do dia anterior que levaram o barril a 100,10 dólares, devido a expectativas de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo manterão estáveis ou até mesmo reduzirão os níveis de produção em decisão que será tomada no encontro do grupo mês que vem.

Analistas relataram que uma onda de compras de fundos buscando proteção contra a inflação ajudaram o petróleo a atingir o novo recorde, com mais impulso dado pela incerteza de abastecimento da Nigéria e Venezuela, ambos membros da Opep.

"Traders estão entrando no mercado de petróleo porque é isso que está causando a inflação e estes ativos (os barris) devem ter o valor apreciado", disse Rob Kurzatkowski, analista de futuros da optionsXpress.

Um firme aumento nos preços ao consumidor em janeiro apontaram para persistentes pressões inflacionárias, apesar de novos sinais nesta quarta-feira de que o declínio no setor de moradias continua a afetar a economia.